Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Iniciação Científica - o que é?

A Iniciação Científica é um programa que visa atender alunos dos cursos de graduação, colocando-os em contato com grupos/linhas de pesquisa. Busca, também, proporcionar ao aluno, orientado por pesquisador experiente, a aprendizagem de técnicas e métodos científicos, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa; o estudante pode desenvolver pesquisa no âmbito da Iniciação Científica com bolsa oferecida pelas agências tradicionais de fomento à pesquisa. No entanto, pode também fazer sua pesquisa sem que lhe seja atribuída bolsa e/ou auxílio. No âmbito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, é possível fazer o registro formal dessas pesquisas/pesquisadores por intermédio da Comissão de Pesquisa.

Conheça aqui os aspectos fundamentais do funcionamento da atividade de pesquisa na graduação na FFLCH.

-

FAPESP

As bolsas de Iniciação Científica devem ser propostas pelo orientador diretamente à entidade. A solicitação deve ser encaminhada em formulário próprio em qualquer época do ano. O prazo de análise é de aproximadamente 75 dias. Todas as informações acerca dessa modalidade de bolsa podem ser obtidas no endereço http://www.fapesp.br.

 

CNPq PIBIC/PIBITI

As bolsas de Iniciação Científica do CNPq são destinadas à Universidade, pelo PIBIC, em forma de cotas e, também, ao pesquisador qualificado, por meio de solicitação junto à entidade quando são divulgados editais para esse fim. http://www.prp.usp.br/bolsas/

Na USP, a Pró-Reitoria de Pesquisa é o órgão responsável pela administração e distribuição das bolsas para as Unidades. Esse programa recebe o nome de Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/USP/CNPq. O processo de seleção dos estudantes participantes do Programa tem particularidades próprias de cada Unidade. Na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, o processo de seleção é coordenado pela Comissão de Pesquisa, mas conduzido no âmbito de seus onze Departamentos. As bolsas PIBIC têm duração de um ano, começando em agosto e findando em julho. A inscrição para o processo de seleção é feita no Departamento de origem do professor orientador e consiste na apresentação do projeto de pesquisa, histórico escolar, formulários próprios devidamente preenchidos, curriculum LATTES do orientador e do estudante. Para demais informações, leia as Normas PIBIC na íntegra.

 

CAPES

As bolsas de Iniciação Científica da CAPES estão inseridas no Programa Especial de Treinamento (PET). Esse programa é institucional, ligado à Pró-Reitoria de Graduação. Os grupos PET podem ser implantados em qualquer área do conhecimento, por iniciativa dos colegiados de curso ou por iniciativa de um ou mais departamentos envolvidos e devem contar com um tutor que deverá ser um pesquisador qualificado.

 

BOLSAS FFLCH

A Faculdade instituiu, em 2002, um programa de auxílio à Iniciação Científica. Atualmente, são concedidas 60 bolsas, administradas pela Comissão de Pesquisa. A seleção de estudantes é feita juntamente com a seleção PIBIC, obedecendo aos mesmos critérios de avaliação de mérito acadêmico. Os alunos serão selecionados por ordem de classificação.

 

INICIAÇÃO CIENTÍFICA SEM BOLSA

Há, ainda, as pesquisas que são desenvolvidas sem bolsa. Com o objetivo de valorizar essas pesquisas, a Comissão de Pesquisa aprovou medida que formaliza essa prática, possibilitando ao aluno a obtenção de um certificado e o consequente reconhecimento oficial. A solicitação deve ser encaminhada pelo professor orientador ao seu Departamento que deverá aprová-la e encaminhá-la para registro através do e-mail icfflch@usp.br.

Para ter acesso aos detalhes dessa modalidade, acesse as Regras e a Ficha de Cadastro para Iniciação Científica sem bolsa.